Projeto da HP recria capas de livros clássicos que foram escritos por mulheres

projeto

O direito a leitura e da escrita para todos é algo recente na sociedade. Nem sempre foi possível buscar e compartilhar cultura e conhecimento livremente. Muito menos se este público em questão fosse feminino.
A HP lançou um projeto com o objetivo de enaltecer o trabalho de escritoras que por injustiça da sociedade em suas épocas, não puderam publicar suas obras com os próprios nomes, assim sendo, usando pseudônimos masculinos nas capas.

A HP recriou estas capas e o resultado é simplesmente magnifico.

Eugénie – Caroline Saffray, autora de La Hija de La Selva, utilizava o pseudônimo Raoul de Navery.

Amandine Dupin, autora de Valentine, utilizava o nome de George Sand em suas obras.

Mary Ann Evans, autora de How Lisa Loved The King, utilizava o nome de George Eliot.

Confira as outras artes do projeto em HP Original Writers. E se você tem interesse em design e quer também criar artes incríveis, confira os cursos disponíveis na YMDA Educação  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lista de Espera Nós o informaremos quando o quando o treinamento estiver disponível. Deixe seu email para contato logo abaixo.
Email Nós não compartilharemos seu email com ninguém.
WhatsApp chat